domingo, 5 de fevereiro de 2017

O fim da Kaissara e o fortalecimento da Itapemirim

Poucos tempos atrás, por motivos que cabe a nós ignorar, boa parte da Itapemirim foi supostamente vendida para um grupo que a batizou de Kaissara, versão estilizada da pequena empresa do grupo que fazia uma linha municipal (!!!) em Campos. 

Muitos acreditavam ser o fim de mais uma empresa gigante, numa época onde várias empresas foram extintas por motivos financeiros ou estratégicos. Mas a Kaissara acabou pegando e como mantinha a qualidade da sua antecessora, acabou ganhando os fãs dela.

Mas no final de 2016 algo aconteceu que trouxe de volta uma das mais importantes marcas do transporte coletivo rodoviário do país. Antes é preciso falar sobre uma coincidência.

A Rápido Marajó

Uma das mais tradicionais empresas que ligam as regiões norte e centro-oeste do país, a Rápido Marajó, havia comprado a Transbrasiliana, ainda mais tradicional. Vários entusiastas começaram a postar fotos da Marajó e fazendo muitos comentários, se convertendo aos poucos em fãs deste empresa.

A Rápido Marajó acabou sendo uma das favoritas entre os entusiastas e ganhou apelidos interessantes como "Mcbus" por causa do M amarelo que lembrava o logo da rede de lanchonetes McDonalds. A Transbrasiliana quase seria extinta, mas uma nova pintura, no mesmo estilo da nova pintura da Marajó, surpreendeu a todos.

O curioso que a Marajó virou assunto constante entre os entusiastas, bem antes de saberem que ela seria envolvida em um episódio envolvendo a empresa favorita dos entusiastas, a Itapemirim.

Itapemarajó ou Rápido Mirim?

Pois não é que a empresa favorita dos entusiastas acabou sendo engolida pela nova querida dos mesmos entusiastas. Os fãs das duas empresas mal sabia que iriam fazer parte da mesma história. Ou se sabiam, era um segredo de bastidor.

Agora, o negócio ficou o seguinte: virou grupo Itapemirim. A Marajó continua co-existindo como outra empresa do grupo. A Kaissara é extinta e não obtive informações sobre a Transbrasiliana, embora haja sinais de que ela possa também desaparecer.

Os carros da Kaissara já estão sendo pintados com o logo da Itapemirim, mesmo mantendo a cor marrom da Kaissara. A Rápido Marajó pintou alguns carros com a pintura da Itapemirim por caráter provisório, pois ela ganhou linhas de uma tal de Solução e precisava de mais carros. Quando a Marajó renovar, os seus "amarelinhos" serão incorporados à Itapemirim.

Desejamos sucesso a todas as empresas envolvidas, principalmente a Itapemirim, que marcou os sonhos de muitos admiradores de ônibus elo Brasil e também pelo mundo!

Em homenagem, uma galeria com fotos que poderiam servir para narrar o que aconteceu, incluindo a pintura prateada da fase pré-Kaissara, que gostei bastante e na última foto, uma exclusividade: a minha proposta para nova pintura da Itapemirim, no padrão estético da Rápido Marajó.












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.