sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

O sistema de Aracaju parece ser o ideal

Recentemente por causa de uma prova, tive a oportunidade de ir a Aracaju pela primeira vez. Gostei da cidade, tranquila, com ar mais puro e pessoas simpáticas. Mas o que gostei mesmo foi do sistema de ônibus da cidade. Espero que com a vindoura licitação ele seja mantido. 

O sistema consiste em várias estações de integração que, se você entrar no terminal dentro de um ônibus, a segunda passagem sai de graça. E não precisa dessa pegadinha em forma de cartão que chamam de "Bilhete Único" (um retrocesso camuflado de "avanço tecnológico"). Entre em um ônibus e salte em um terminal que o ônibus seguinte já sai de graça.

O sistema de Aracaju não possui - e espero que não passe a ter - pintura padronizada nas latarias de ônibus. Curiosamente, para compensar, os funcionários de todas as empresas utilizam o mesmo uniforme, uma camiseta de cor alaranjada. Os ônibus deixam a desejar em conservação, mas não chegam às sucatas ambulantes que se vê nas piores empresas de Salvador e em todo o sistema municipal do Rio de Janeiro, a capital.

Tomara que a licitação mantenha o sistema como está, apenas melhorando a conservação e o conforto da frota, possibilitando a colocação de poltronas acolchoadas (que até existem em várias empresas) em toda a frota e aparelhos de ar condicionado em pelo menos 30% da frota.

Vejam abaixo as fotos que eu tirei de um dos terminais de lá, o Terminal Zona Sul, no bairro do Atalaia, que serve a região das praias mais badaladas.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.