quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Quando os ônibus do Rio tinham cara: Bangu

Dando seguimento a nossa série com uma das mais belas pinturas descartadas pela padronização compulsória: a Bangu. Pior que a belíssima pintura foi criada por um busólogo amigo nosso. Que chato!

Como a Litoral Rio, ela era uma empresa exemplar até surgir a palhaçada dos consórcios. Hoje seus carros estão um verdadeiro lixo! Mas, fazer o quê?

Curtam um dos bons momentos da empresa, no Terminal Misericórdia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.