sábado, 18 de maio de 2013

Chevrolet Camaro ganha novo visual na linha 2014

ESPREMENDO A LARANJA: Eu gosto bastante de Camaro. Não dos mais antigos e sim das linhas mais recentes, pois a sua aparência imponente me agrada bastante. Mas ela vai mudar.

Para a minha alegria, nem tanto, já que a essência do Camaro recente será mantida. Apenas com uma estética melhorada, ainda mais sofisticada. De qualquer forma continuará sendo o carro mais lindo da atualidade, que junto com o novo fusca, é um dos poucos carros que não usam faróis e lanternas do tipo "olho de inseto" que virou praga dos anos 90 para cá.

Chevrolet Camaro ganha novo visual na linha 2014

Henrique Rodriguez  - Motorpasion

O Chevrolet Camaro está de cara nova na linha 2014. As mudanças não foram tão profundas quanto no Corvette, até mesmo pelo seu lançamento recente. Datada de 2009, a quinta geração do Camaro ganhou novas linhas dianteiras e traseiras. Mas o marco desta mudança talvez esteja na nova versão Z/28, com um incrível motor 7.0 V8 de mais de 500 cavalos vindo do Corvette.

Os novos faróis passam a ter uma moldura maior, abandonando o formato antigo. A grade e o para-choque também sofreram alterações leves, mas suficientes para atualizarem o esportivo. Não se sabe se as versões de entrada do esportivo terão visual diferenciado (mais civil, provavelmente), uma vez que as versões mostradas foram as Z/28 e a SS. A traseira ganhou lanternas com moldura inteiriça, abandonando o modelo de duas lentes de cada lado que inspirou outros modelos da marca como o Malibu.

Junto do V8 de 500 cavalos haverá uma transmissão manual de seis marchas. A versão se situará entre o L1E de 432 cavalos e o ZL1 de 580 cv.  Apesar da diferença de potência, o Z/28 é 136 quilos mais leve do que o ZL1. É que o foco desta nova geração são as pistas de corrida, o que os americanos chamam de “track-focused”. Em outras palavras, é um veículo civil com preparo e potência para se virar em qualquer autódromo, enquanto o ZL1 é mais voltado para as ruas. Em testes realizados pela Chevrolet, o Z/28 mostrou ser três segundos mais rápido que o ZL1 a cada volta. Bancos Recaro, redução de peso, detalhes em fibra de carbono… Não se trata apenas de aparência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.